Evasão Escolar

Updated : out 07, 2019 in Cidadania

Taxa de evasão escolar do Brasil é a terceira maior do mundo!

O maior país da América do Sul, a República Federativa do Brasil ocupa cerca de 8,5 milhões de quilômetros quadrados e faz fronteira com 10 outros países do continente, bem como o Oceano Atlântico a leste. Internacionalmente, o Brasil é considerado uma potência econômica crescente e é uma das democracias mais populosas do mundo. Durante muitos anos, a exploração da floresta amazônica, da qual existem porções consideráveis dentro das fronteiras do país, tem sido uma fonte de preocupação na cena internacional.

Diminuição da taxa de evasão escolar no Brasil

O Brasil, assim como  grande medida dos países subdesenvolvidos também possui um problema de evasão escolar. A taxa no país é a terceira maior do mundo, com uma média de 24,1% dos alunos que não concluem o Ensino Fundamental até os 16 anos.

A situação é considerada grave por instituições educacionais, afinal, são 40,8% dos jovens brasileiros que não concluem o Ensino Médio até os 19 anos – ou seja, a maior parte dos jovens estaciona os estudos ainda na educação básica.

Par suprir essa demanda de pessoas que abandonam o ensino básico e médio é que se criou o Encceja para conquistar a titulação de conclusão do ensino grau mesmo depois de ter passado da idade escolar.

As famílias que querem fazer a matrícula escolar na rede municipal e estadual podem realizar o processo pela internet. Para conferir o processo pesquise sobre a sua cidade no seguinte site: matriculaescolar2020.com.br

Taxa de evasão escolar no Brasil

As transformações da educação no Brasil

O governo brasileiro há muito tempo é um defensor da reforma da educação, do acesso e da qualidade. Desde 1990, na Conferência Mundial sobre educação para todos em Jomtien, o país tem tomado medidas para melhorar a vida das crianças, jovens e adultos através do setor da educação. De fato, o governo enumerou o seu apoio ao desenvolvimento da educação e ao acesso, declarando que a educação era o direito de todos os cidadãos e a responsabilidade do estado e da família em 1988. No entanto, após o marco de ação de Dakar em 2000, o país reforçou oficialmente o financiamento do Ensino Básico e expandiu a faixa etária da escolaridade obrigatória.

Apesar dos progressos realizados, o Governo Brasileiro reconheceu que o setor educacional e a realização do ensino primário universal ainda enfrentam desafios. Por exemplo, embora as taxas de frequência das escolas tenham aumentado regularmente desde 2003, a procura de infra-estruturas e recursos humanos correspondentes também aumentou em espécie. Além disso, continua a existir uma taxa significativa de distorção etária, indicando que as crianças matriculadas não estão a completar o ciclo primário em tempo útil.

Em 2013, a EAC firmou acordos de parceria com Todos Pela Educação e Aprendiz para implementar as respectivas iniciativas em defesa da educação e aumentar o acesso à educação primária de qualidade à OOSC Brasileira. Para aliviar as barreiras à educação face oosc, a EAC e o seu parceiro empregaram atividades que incluíam: mobilização de organizações da sociedade civil, especialistas em Educação e autoridades governamentais no que diz respeito à inclusão escolar e à igualdade na educação; mapeamento da OOSC; envolvimento dos pais; e criação de forças tarefas e comités governamentais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *